Info-Angola

Você está aqui: Início País/Províncias Bengo Turismo Para Visitar
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size
Turismo
Para Visitar PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

PARA VISITAR....

Igreja Nossa Senhora da MuximaImage
Muxima, uma pequena vila, deve a sua importância à peregrinação com destino à sua igreja do séc.XVI, a Igreja de Nossa Senhora de Muxima. 
A Igreja de Nossa Senhora da Muxima – construída entre 1641-1648, é monumento nacional desde 1924 e situa-se em Muxima, a 130 km de Luanda. Alberga o Santuário da Nossa Senhora de Muxima e recebe milhares de peregrinos, sobretudo em Setembro, na Festa da Nª Sra. de Muxima.

Fortaleza da Muxima
A Fortaleza da Muxima é imperdível; Marca deixada durante a luta entre os portugueses e holandeses, foi construída no Séc. XVI e está situada no cimo de um monte atrás da Igreja de Nª Sra. da Muxima. 

Reserva Florestal de Kibinda
Tem como tipos de vegetação a Floresta húmida de nevoeiros, floresta cafeeira secundarizada, mosaico de savana zambeziaca e outros, distribuídos por uma área de 100 Km².

ImageParque Nacional da Kissama
Elevado a Parque Nacional em 1957, desde 1938 foi estabelecido como reserva de caça. No interior do parque encontram-se animais como macacos, pacaças, golungos, elefantes, gungas, nunces, entre outros, além de tartarugas marinhas e aves aquáticas na orla costeira. É um dos maiores de Angola, com uma área de 990.00 hectares e está em curso um projecto de repovoamento animal.


Ruínas:

  • Fostuir da Kissama
  • Farol de Cal de Bom Jesus
  • Antiga Residência do Chefe de Posto do Bom Jesus
  • Antiga Igreja de Jesuítas da Barra do Dande
  • Sítio Arqueológico do Ambriz.

 

Por Municípios:

• Município do Ambriz

Fortaleza do Ambriz, século XVIII, assegurou durante muito tempo o negócio clandestino de escravos. Classificados por despacho n.º 42/92, de 8 de Julho.
Casa dos Escravos, século XVII e XVIII, o edifício serviu de paiol e no século XVIII reconstruído servindo de casa de trânsito dos escravos. Classificada por despacho n.º 46/93, de 10 de Novembro .
Antiga Câmara Municipal, séculos XIX e XX, classificada por despacho n.º 26/95, de 18 de Abril Igreja de São Jorge, construída em 1858 e classificada por despacho n.º 14/97, de 18 de Abril. Zona Histórica do Ambriz, é o núcleo urbano da antiga Vila do Ambriz. Classificada por despacho n.º 14/97, de 18 de Abril.

• Município do Dande

Igreja da Nossa Senhora da Santa Ana, século XIX, construída em 1885. Classificada por despacho n.º 8/97, de 18 de Abril.
Challet, séculos XIX-XX, situado na Açucareira, actualmente é a sede do Governo da Província do Bengo. Serviu de local de tortura e cárcere aos que opunham ao trabalho forçado. Classificado por despacho n.º 9/97, de 18 de Abril.

• Município de Icolo e Bengo

Localidade de Kaxicane, local onde nasceu o primeiro preseidnete da República, Poeta e Médico, António Agostinho Neto. Classificado por despacho n.º 45/97, de 17 de Setembro.

• Município da Quissama

Fortaleza da Muxima, século XVI e XVIII, local onde foram travadas batalhas entre portugueses e holandeses (1541-1648). Classificada pela Portaria n.º 2 (Boletim Oficial n.º 1, de 12 de Janeiro de 1924).
Igreja da Muxima, século XVIII, classificada pela Portaria n.º 2 (Boletim Oficial n.º 1, de 12 de Janeiro de 1924).
Zona Histórica da Muxima é o núcleo urbano da antiga vila da Muxima. Classificada pela Portaria n.º 9354 (Boletim Oficial n.º 9, de 8 de Fevereiro de 1956).

• Morro do Twenze

(Sanza dya Mongwa), local onde era feita a extracção do sal-gema. Classificada por despacho n.º 95/2000, de 26 de Maio.

Praias
Barra do Dande e… no município do Dande
Cabo Ledo, no município da Quissama
Kinfuca e…. no município do Ambriz

Rios e Lagoas
Rios Kwanza, Dande, Zenza, Loge e Onzo
Lagoas da Ibêndoa, Úlua, Morima, Quilunda.